ENÉAS LOUR É ATOR, DRAMATURGO, CENÓGRAFO E DIRETOR TEATRAL

31 de out de 2010

SÃO LUIZ DO PURUNÃ - PAISAGENS

(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR)

 

CASA DE ENÉAS LOUR E FÁTIMA ORTIZ
EM SÃO LUIZ DO PURUNÃ


28 de out de 2010

QUINO


Amigos,

A GGProarte estará participando da
Corrente Cultural de Curitiba
apresentando o espetáculo
de autoria de Enéas Lour e Beto Guiz
"Na Boca da Noite"
No elenco
Gilda Elisa Schimanski e Gelson Schimanski
INGRESSOS GRATUITOS

Compareçam e nos ajudem a divulgar!
Esperamos todos lá!

Abraços

Alessandra Pilar
Produtora

27 de out de 2010

VIVER OU JUNTAR DINHEIRO?

(clique na imagem para ampliar)
VIVER OU JUNTAR DINHEIRO?
(MAX GEHRINGER)

Li um artigo no qual jovens executivos
davam receitas simples e práticas
para qualquer um ficar rico.
Aprendi, por exemplo, que se tivesse
simplesmente
deixado de tomar um cafezinho por dia,
nos últimos quarenta anos, teria economizado
30 mil reais.
Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês,
12 mil reais.
E assim por diante.
Impressionado, peguei um papel
e comecei a fazer contas.
Para minha surpresa,
descobri que hoje poderia estar milionário.
Bastaria não ter tomado
as caipirinhas que tomei,
não ter feito muitas viagens que fiz,
não ter comprado as roupas caras
que comprei.
E, principalmente,
não ter desperdiçado meu dinheiro
em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos
percebi que hoje poderia ter quase
500 mil reais na minha conta bancária.
É claro que não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse,
sabe o que este dinheiro
me permitiria fazer?

Viajar, comprar roupas caras,
me esbaldar em itens supérfluos,
comer todas as pizzas que quisesse
e tomar cafezinhos à vontade.

Por isso,
me sinto muito feliz em ser pobre.
Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer.
E recomendo aos jovens
e brilhantes executivos
que façam a mesma coisa que fiz.

Caso contrário
vocês chegarão a minha idade
com uma montanha de dinheiro
mas, sem ter vivido a vida.

CURITIBA VESTIDA DE NOIVA



Essa peça, de autoria de Enéas Lour,
tem sua estrutura baseada no melodrama.
Seu foco dramático está centrado
na memória de um casal
- Alex e Marina -
A narrativa da peça inicia em
17 de julho de 1975,
o dia em que nevou em Curitiba 
(e que ficou congelado na memória dos curitibanos)
e se desenvolve até os dias de hoje.

Ao longo do espetáculo esses 35 anos
se entrelaçam em encontros e desencontros
dessas duas personagens.
Daqueles tempos de pós-utopias como a 
contracultura, o "milagre econômico", da ditadura, etcas cenas caminham para um outro mundo - o atual -

(do aquecimento global, do "pós-tudo",
da democracia brasileira, da internet, etc)

Em 2010, aos 60 anos, Alex está viúvo
e Marina, solteira, está retornando
da Europa à Curitiba, após muitos anos,
para tratar de uma herança.

Para o então jovem casal
o dia 17de julho de 1975, uma quinta-feira,
estava destinado a entrar para sua história,
pois, seria o dia de seu casamento.

No entanto, um acontecimento inesperado
mudou o futuro dos dois na manhã daquele dia
em que a cidade amanheceu branca,
- "vestida de noiva" -
e suas trajetórias separam-se para sempre.

No elenco estarão
Cláudia Minini e Luiz Carlos Pazello
sob a direção de Enéas Lour, o autor do texto.
A iluminação da montagem será de
Beto Bruel
um dos mais premiados
profissionais cênicos do Brasil.
O figurino está a cargo de Áldice Lopes;
e a sonoplastia será de Célio Savi.

EM BREVE NUM TEATRO DA CIDADE



25 de out de 2010

LEPREVOST E OS PEIXES



EL NUEVO TANGO ARGENTINO

Sin Rumbo / Otros Aires
Composição: Miguel Di Genova

Una noche abandonada
otro día pide turno
yo camino hacia tus pasos
yo camino hacia el “Sin Rumbo”

Camino hacia el “Sin Rumbo”
sin rumbo, desesperado

Escondido en un abrazo
escrutando al universo
sin un rumbo en mis zapatos,
sin un rumbo aquí, en mis versos
Camino hacia el “Sin Rumbo”
sin rumbo, desesperado






19 de out de 2010

18 de out de 2010

DEU MIRÓ!



Joaquim Miró é o novo Presidente
do Clube Curitibano


A chapa Sou Curitibano,
encabeçada por Joaquim Miró,
sagrou-se campeã, na noite de ontem,
durante as eleições do Clube Curitibano.

Durante o dia inteiro a movimentação
no clube foi intensa, com grande participação dos associados.
Até o momento da apuração,
todos os candidatos estavam confiantes.

O resultado da apuração se deu às 19h45,
quando a festa da Chapa Sou Curitibano começou.

Com aproximadamente 500 votos a mais
Joaquim Miró é o novo Presidente
deixando para trás as chapas Barão do Cerro Azul
de Domingos Caporrino
e Tradição com Independência
de João Luiz Rego Barros.



16 de out de 2010

ENSAIO : COMO MATEI O PRESIDENTE

Reuniram-se ontem para ensaiar
no apartamento do autor
 os atores da leitura do texto
"COMO MATEI O PRESIDENTE"
Segunda-feira - 18 de outubro -
a peça inédita será apresentada ao público
na Casa Hoffmann
às 19 horas.

 

13 de out de 2010

ANIVERSÁRIO 2.089

TEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPO
TEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPO
TEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPOTEMPO



2 de out de 2010

COMO MATEI O PRESIDENTE

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)


DIA 18 DE OUTUBRO / 18H
CASA HOFFMANN
LEITURA DO TEXTO
"COMO MATEI O PRESIDENTE"
DE ENÉAS LOUR

EU OVO: Keith Jarrett


Keith Jarrett
é um compositor e pianista americano.
 Suas técnicas de improvisação conjugam o jazz
a outros gêneros e estilos, como a música erudita,
o blues, o gospel e outros.

AMIGOS