ENÉAS LOUR É ATOR, DRAMATURGO, CENÓGRAFO E DIRETOR TEATRAL

14 de dez de 2009



Estou de férias.
Isto é: enquanto não tenho emprego fixo, o que deve permanecer assim até março ou abril de 2010, estou escrevendo peças de teatro novas aqui em São Luiz do Purunã e em Curitiba.



Além disso planto canteiros de flores e de verduras e legumes.
Me divirto assim: entre o teclado e o terreno.


Casa do Enéas Lour e da Fátima Ortiz em São Luiz do Purunã.

Antes mesmo de começar a escrever uma peça, a primeira coisa que eu faço é criar o título e o cartaz.
Aí eu fico imaginando que peça seria aquela, com aquele cartaz.
Depois, bem devagar, começam a vir os nomes das personagens.
Faço uma lista e ... de repente (nem sempre, mas, quando "dá certo") ... elas aparecem!
Uma a uma numa fila, elas, as personagens, aparecem.
Põem a cara na porta ou na vidraça da janela e depois vão entrando na página branca e começam a se mostrar para mim.
Às vezes elas tentam me enganar e mentem um monte!
Mas, com o tempo aprendi a decifrar essas mentiras.
Então eu vou despindo as personagens e vestindo nelas as roupas que me parecem ser delas, as falas, as cores, os cacoetes de cada uma, os olhares, os medos, os orgulhos, os desencontros ... até vê-las vir se sentar e tomar café comigo ou fumar um cigarro e conversar sobre o que elas acham de tudo no mundo, ou então, vê-las só se embalar na cadeira de balanço da varanda sem me dizer mais nada.
É bom!



3 comentários:

Sabine Villatore disse...

lourdesssss!!!
que lugar lindo!
"LEVA NÓIS!!"
BITOKS

sabine "villatowers"

Rogério Viana disse...

Enéas, enquanto você se inspira neste canto lindo e sossegado, aqui vou escrevendo cada vez mais. Eu também começo sempre pelo título. Mas não vejo o cartaz pronto. Os personagens se convidam,se oferecem para participar e surgem. Uns como verdadeiros penetras. E é com eles que a festa fica boa e animada. Vou lhe enviar alguns textos para você conhecer. Novos textos.

Linhares disse...

roubei.
www.otaviolinhares.blogspot.com

beijo