ENÉAS LOUR É ATOR, DRAMATURGO, CENÓGRAFO E DIRETOR TEATRAL

31 de mar de 2010

FÁBIO SILVESTRE

COPIADO E COLADO DO
BLOG DO SOLDA
(http://cartunistasolda.blogspot.com)

Anteontem a moderna Curitiba comemorou 317 anos
mas com um ato dos mais retrógrados possíveis: censura
Explico: O humorista  
Fábio Silvestre 
fez uma piada sobre política em seu show "O Bêbado"
Eis que o Vereador Roberto Aciolli estava presente na platéia. 
Sentiu-se "encarapuçado" pela piada, 
que era genérica e não direcionada, 
e por conta disso deflagrou uma guerra 
contra o humorista nesta segunda-feira.  
Aciolli difamou Fábio Silvestre no programa que apresenta 
usando fotos do ator enquanto proferia adjetivos ofensivos.
Disse no Twitter que 
"Fábio Silvestre não é digno de entrar
na Câmara de Vereadores e receber
o prêmio Cultura e Divulgação".
Isto porque no dia do aniversário de Curitiba,  
Fábio Silvestre receberia uma comenda 
pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo, 
reconhecido por toda população 
e por todos os vereadores da cidade, ironicamente. 
Aconteceu que Fábio Silvestre 
foi até a Câmara dos Vereadores 
para receber seu prêmio,
onde teoricamente era esperado
por uma ação de repúdio público
incitada pelo vereador Acioli
o que não aconteceu.
Fábio Silvestre 
foi o homenageado mais aplaudido da noite.  

Pryscila Vieira.
 

OS COMENTÁRIOS
Blogger Maringas disse...
Vestiu a carapuça e saiu alardeando por aí: É MINHA! É MINHA! P.S.- Parabéns ao Fabio Silvestre, apesar de eu achar que ser homenageado por vereadores não significa quase nada se comparado com as gargalhadas do respeitável público pagante. 11:11 AM



Blogger Don Suelda disse...
Maringas: Concordo com você em genero, número e degrau. Qui! Qui! Soruda san 12:15 PM



Blogger Katia Horn disse...
falta criar o bolsa-carapuça pra essa matilha de políticos descobertos. muitos hahás pra você fábio! 12:39 PM


Blogger Lina Faria disse...
Essa foi a melhor piada do ano, fábio: a mão do politico ficou amarela. hehehe... 12:59 PM
Anônimo 
Miriam Karam disse...
Solda, sabe o que me veio à cabeça, sem diminuir nem um pouco a "pulhice" desse vereador? É que ele se importou. Parece que resta um pouco, um mínimo, de humanidade nele. Porque os políticos, em geral, nem dão bola. passam batido e fingem não ser com eles."
1:03 PM

Blogger Curitiba é um copo vazio cheio de frio disse...
E eu lembrei do episódio que defenestrou o Gladimir Nascimento da BandNews, em março do ano passado, quando os deputados paranaenses não gostaram de ser chamados de “ladrões de galinhas” e na calada da noite, aprovarem a própria aposentadoria com recursos públicos ...

Enéas Lour disse...
Grande Fábio Silvestre!
 

Nenhum comentário: