ENÉAS LOUR É ATOR, DRAMATURGO, CENÓGRAFO E DIRETOR TEATRAL

27 de nov de 2010

ANDO MEIO ENFERRUJADO


Essa cor, meu amor,
avermelhada assim, amarelo-morta assim,
- ferrugem -
vem das palavras
que não me disseste e nem eu te disse.

Vem do tanto tempo que me deixaste na chuva.
Vem do buraco da fechadura
dos portões fechados dos teus olhos
e das minhas lágrimas.

Vem do que não me disseste
E que eu, tolo, acreditei.

Sou aquela bicicleta velha
morta lá na garagem
por nunca mais ter saido
passear contigo
nem comigo.


Enéas Lour
novembro 2010

Nenhum comentário: