ENÉAS LOUR É ATOR, DRAMATURGO, CENÓGRAFO E DIRETOR TEATRAL

1 de abr de 2010

DEUS

(clique na imagem para ampliar)


Um dia desses em que Deus não tinha nada para fazer, 
enquanto lavava a louça do almoço,
sozinho lá na cozinha do céu, Ele pensou bem assim:

- Pra que tudo isso, né? ... Pra que? ... 

E suspirou cansado de tanta coisa para pensar e fazer.

Assoviou uma musiquinha, mas,
o pensamento inquiridor não O deixava 
terminar suas tarefas diárias e insistia em latejar
lá no interior da cabeça Dele:

- Pra que tudo isso? ... Pra que? ...

Ele terminou com a louça
e estendeu o pano de prato no varalzinho
pra tomar sol quando pensou mais uma vez  assim:

- Eu fiz tudo certinho! ... 
Enrolei cada pelotinha de barro e fiz os planetas todinhos! 
Um por um! Pus no forno! ... 
Aguardei milênios tostando a crosta dos milhares de sóis; 
gelei os cometas; polvilhei as galáxias; fritei os meteoritos;
relativizei o tempo, cozinhei a quadratura do círculo;
pus a fórmula da antimatéria em banho-maria;
Tudo no capricho! Tudo certinho! ... 
E agora,
passados trilhões e trilhões de anos, 
estou aqui, sozinho, velho e cercado de anjos cacheados, 
ouvindo essas músicas sacras intermináveis!  
Dia após dia! Noite após noite!
... E, pior, nada está perfeito ainda! ... 
Tudo tem defeito! ... 
É um desequilibro ionosférico aqui; 
uma rotação planetária acelerada ali; 
um buraco-negro entupido ali, 
um encontro de tensões de eixo de nebulosas acolá! ...
Extinção de humanidades então, nem me fale! 
É uma atrás da outra! ...

Sentou-se no beiral da porta 
e um anjinho, com cara de saci, 
trouxe uma cuia de chimarrão para 
o Mestre de Todos Os Mestres e Senhor do Universo tomar.

Ele despejou a água quente na beira da cuia,
cofiou a barba branca,
e, olhando para o céu infinito,
Ele pensou, mais ainda, bem assim:

-  Se eu quisesse, desfazia tudo isso agora mesmo! 
Assim, sem um mais e sem um menos! ... 
Assim como criei tudo desfaço tudo! ... 
É um direito meu, afinal, não é? ... 
Desfaço e fim! ... Ninguém tem nada com isso! ... 
Fiz, desfaço! 
...
Não devo satisfação a ninguém, uma vez que
não há ninguém superior a mim em todo o universo!
...

Tomou um gole do chimarrão e repensou assim:

- Não! 
Bobagem minha!
Uma trabalheira dessas 
e de repente jogo tudo pra cima 
feito uma criança?
Não! 
Vou deixar o tempo correr, 
vamos ver no que dá! 
Vamos ver! ...

 Levantou-se ajeitou a túnica branca 
e levou a cuia com a bomba e a garrafa térmica 
até a porta do escritório central.

Entrou e os anjos secretários
correram para abrir a porta do seu gabinete.

Sobre a mesa um trilhão de despachos 
a serem autorizados.

Ele suspirou novamente.
Um dos anjos estagiários puxou a cadeirona 
de ouro e couro 
e o velho Deus sentou-se.

Pegou o mouse e abriu a Sua pasta de e-mails.

Surgiram ali na telinha, 
mais de um pentrilhão de pedidos para: 
o time ser campeão; 
o filho arranjar emprego; 
para curar cefaléias; 
para ganhar na loteria; 
para aquisição de casa-própria;
para casamento; 
para isso e para aquilo, 
como sempre! ...

O velho Deus suspirou de novo 
e deletou a pasta toda.

Estava mesmo muito cansado o nosso velho Deus!
...
..
.

Texto e ilustração de Enéas Lour
31 de março de 2010


3 comentários:

Vivi disse...

uia...que bonito isso Enéas.
Viu? até Deus fica cansado as vezes....
bjs
Vivi

Simone Nercolini disse...

Até Deus cansa...

Ana M disse...

TEXTO
MA-RA-VI-LHO-SO!
Você é demais, Enéas!
beijo
Ana